teima_Logo final-01.png
VEM AÍ A 2ª EDIÇÃO \\ 06, 13 E 20 DE MARÇO, DAS 15H ÀS 20H \\ NA SUA TELA
 

SOBRE O FESTIVAL

Fruto da parceria entre as produtoras Ventania Cultural, Cotiara Produtora e Rima Coletiva, o Festival TEIMA surgiu para promover encontros mesmo em tempos de isolamento social. Afinal, mesmo diante da pandemia e da paralisação do setor cultural, artistas seguem se reinventando e criando uma cena efervescente no ambiente virtual.

Em agosto de 2020, realizamos a 1ª edição, que exibiu 12 horas ininterruptas  de programação ao vivo, mais de 30 atrações de diversas linguagens, entre teatro, música, dança, performance, contação de histórias, literatura e circo, articulando mais de 50 artistas e públicos de diferentes idades e localidades. 

A 2ª edição já está marcada para o primeiro semestre de 2021. Serão 3 dias de 5 horas de programação, totalizando 15 horas de cultura e arte direto na sua tela!

 

 

 


Porque TEIMA? Teima, por definição, significa perseverança, obstinação ao perseguir um objetivo. No ano em que a vida estacou para conter a pandemia de Covid-19, e testemunhamos teatros, salas de espetáculo, cinemas e centros culturais cerrarem as portas por tempo indeterminado, esse curto e potente substantivo feminino se impôs. Não apenas como o nome da iniciativa que nascia, mas como imperativo de continuidade. Por que fazer Arte? Por que insistir em imaginar, criar, produzir em um terreno que já era árido antes da pandemia, agora, graças à escassez de políticas públicas, a um governo insólito e ao isolamento social torna-se ainda mais intrincado?  Acreditamos que essas respostas só são compreendidas quando estamos em coletivo, mesmo que através da tela, e fazendo o que nos diferencia como humanos: o ato de imaginar, de plasmar-se à experiência do outro através da ficção e da narrativa, de dialogar sensorialmente, extrapolando a dimensão racional da comunicação. Deste pulso de nascer e renascer em tempos obscuros, e de um substantivo feminino, seis mulheres artistas e produtoras criaram o TEIMA - Festival de Artes Online, como resposta ao tempo presente e como um canal necessário de trocas entre artistas de diversas linguagens e o público, também ávido por um respiro.

2ª EDIÇÃO

ATENÇÃO! Resultado do chamamento.
Quer ASSISTIR a 2ª edição do TEIMA?
 

CURADORAS E PRODUTORAS

AE 1.JPG

Ana Elisa Mello

COTIARA PRODUTORA

Co-fundadora da Cotiara Produtora,
é atriz, bailarina, professora de dança criativa para crianças e ouvinte profissional de histórias das pessoas.

51080284_10216655247948950_3122800111659

Mariana Novais

VENTANIA CULTURAL

Fundadora da Ventania Cultural, produtora e gestora cultural, responsável pela direção de produção de artistas e companhias de São Paulo.

Rita Batata

RIMA COLETIVA

Atriz, dramaturga, diretora e produtora. Sua paixão mora em conhecer pessoas e criar junto de diversos artistas.
Idealizadora da RIMA Coletiva.

Samya Enes

COTIARA PRODUTORA

Formada em teatro e dança e se formando continuamente em escrita, performance e música. Multiartista diria. Co-fundadora da Cotiara Produtora.

Larissa Maine

VENTANIA CULTURAL

Comunicadora, especializada em gestão cultural e praticante de Yoga. É produtora na Ventania Cultural.

Mariana Leme

RIMA COLETIVA

Atriz, diretora, publicitária e produtora cultural. Acredita fortemente no poder transformador das artes e da força coletiva. Idealizadora da RIMA Coletiva.

 

 Nasceu em 2019 com as artistas produtoras Ana Elisa Mello e Samya Enes . Essas COTIARAS tem como características a produção e criação de projetos culturais híbridos e destilam um veneno peculiar, cujo efeito produz a aproximação. Não é preciso ter cautela com essa espécie urbana, que está adaptada às relações artístico culturais.

Fundada em 2015, a produtora representa diversos artistas em São Paulo, entre grupos de teatro, dança, música e contação de histórias. Criada por Mari Novais a Ventania cresceu em projetos e ambições e hoje é representada por duas mulheres, Mariana Novais e Larissa Maine. Representa especialmente projetos de mulheres e LGBTQIA+ a fim de aumentar a representatividade no setor cultural.

A Rima Coletiva é um agrupamento teatral, fruto da sólida parceria entre as artistas Mariana Leme e Rita Batata, que trabalham juntas há 10 anos. E para rimar é preciso estar em coletivo. Assim, a produtora fomenta o encontro de artistas na tentativa de compreender as relações fluídas de criação e produção de obras autorais.

 

Veja como foi a 1ª edição:

 

Dúvidas e sugestões, fale com a gente: teima.festival@gmail.com